Principal História Benefícios Parcerias Diretoria Sindicalize Localização Fale conosco ATENÇÃO

Informativos do SGVM

Preencha os campos abaixo e receba periodicamente informativos do SGVM.

Contador de Visitantes

38580

USUÁRIOS ON-LINE: 1

Nossos parceiros

“Nós Guardas Civis e Municipais, Auxiliares de Defesa Civil, Vigias e Similares, reunidos em Assembleia Geral, sob a proteção de DEUS, promulgamos o seguinte Estatuto Social do Sindicato dos Guardas Civis e Municipais, Auxiliares de Defesa Civil, Vigias e Similares das Prefeituras e Autarquias de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi e Santana de Parnaíba, visando a todos assegurar o exercício dos direitos sociais, trabalhista e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida com a solução pacífica das controvérsias, tendo DEUS acima de tudo e todos, sendo inviolável a liberdade de consciência e de crença”.



"Quando os que comandam PERDEM A VERGONHA os que obedecem PERDEM O RESPEITO!"
 

Quarta-Feira, 01 de Maio de 2024:
1º de Maio - Dia do Trabalhador?! Certeza?


Quinta-Feira, 18 de Abril de 2024:
Fale com o Milton!


Sábado, 13 de Abril de 2024:
Isso tudo acontecendo, e você aí na praça, dando milho aos pombos?!


Terça-Feira, 09 de Abril de 2024:
Convidamos a todos para participarem de uma Celebração Inter-religiosa de grande significado e unidade...

"Indivíduos que se vendem por qualquer valor - seja homem ou mulher - são tão desprovidos de dignidade quanto, ou até pior que, aquele(s) que o(s) compra(m)."

"Sou como um camaleão, posso me adaptar às cores do dinheiro."

 "Não tenho princípios, tenho preços."

 "Continuarei fazendo qualquer coisa pelo preço certo."

 "Minha moral sempre foi negociável."

 "Para mim, tudo tem um preço, inclusive minha dignidade."

 "Posso ser seu melhor amigo ou seu pior pesadelo, dependendo do valor que oferecer." 

"Para mim, quem se vende por dinheiro deve ser tratado como mercadoria, pois só se compra o que tem preço; o que tem valor se conquista."


Sexta-Feira, 05 de Abril de 2024:
...O QUÊ FOI QUE ACONTECEU?!

COMUNICADO À CATEGORIA

 

O SindGuardas informa que, em decorrência do elevado número de ligações e mensagens recebidas, especialmente durante nossos contatos pessoais ao distribuir os informativos da entidade nos últimos dias, constatamos uma significativa demanda por parte dos servidores INDIGNADOS perguntando e querendo saber...

O QUÊ FOI QUE ACONTECEU COM A CAMPANHA SALARIAL DE 2024?!

EM TEMPO: 

Nesse contexto, em apreço às sugestões valiosas, comunicamos que em breve, o SindGuardas estará produzindo e divulgando alguns vídeos esclarecedores e/ou reveladores, detalhando os fatos ocorridos, suas circunstâncias, motivações e etc, prezando - incessantemente - pela transparência.


Quarta-Feira, 03 de Abril de 2024:
Não se permitam serem Enganados e Vendidos...

U R G E N T E

 SindGuardas informa:

" M E N T I R O S O S "

Pois, dentre outras coisas, a administração do Prefeito de Osasco ROGÉRIO LINS, apresentou inicialmente uma proposta IMORAL e INDECENTE de 3,68%, depois mudou para 4,5%, e agora, querem insinuar que estão apresentando uma proposta final de 4,62% em obediência à Lei Eleitoral...(?!)

 V E J A M O S

 Matéria do G1 - Piracicaba e região de 27/03/2024.

Os servidores públicos municipais de Limeira/SP, aceitaram proposta oferecida pela prefeitura na tarde desta quarta-feira (27) e decidiram encerrar a greve, iniciada no último dia 19 de março. Durante a paralisação, cerca de 15 escolas ficaram fechadas. Os termos do acordo serão apresentados durante audiência agendada pelo Tribunal de Justiça (TJ), previsto para o dia 1º de abril.

No acordo, durante última mesa de negociação, a categoria acatou reajuste salarial de 6,5% a ser pago em abril.

A Prefeitura de Limeira vai conceder 10% a título de penosidade para as funções de merendeiro e auxiliar geral. O percentual será incorporado ao reajuste de 6,5% concedido aos servidores municipais. A medida abrange 1.066 funcionários dessas duas categorias, segundo informações do Executivo.

 

 A T E N Ç Ã O

 SERVIDORES DE OSASCO, por favor, prestem muita/muita atenção e não se permitam serem ENGANADOS E VENDIDOS MAIS UMA VEZ!?


Terça-Feira, 02 de Abril de 2024:
Sorria Servidor de Osasco...



Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2024:
Pautas de Reivindicações da Campanha Salarial - 2024 de SANTANA DE PARNAÍBA, JANDIRA, BARUERI e OSASCO.

Apresentamos abaixo as Pautas de Reivindicações concernentes à Campanha Salarial - 2024, pautas estas, resultado de intensa discussão, deliberação e aprovação durante a Assembleia Geral Extraordinária, ocorrida em 08/01/2024, cumpre ressaltar que as mencionada pautas compreendem as seguintes reivindicações:

- S A N T A N A  D E  P A R N A Í B A -

PAUTA ECONÔMICA

01 - Estabelecimento de um piso mínimo de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) para todos os servidores municipais;

02 - Reposição das perdas salariais, com repasse da inflação com percentual de 20% (vinte por cento), somado a um aumento real de 5% (cinco por cento);

03 - Que seja aberta negociações (em caráter de URGÊNCIA) para mudança de referência/enquadramento, da tabela funcional (Lei n.º 3.117/11), dos Vigias com salário base superior há um piso municipal de R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais);

04 - Que seja criado um percentual de 80% (oitenta por cento) de Adicional de Risco à Vida (ARV) para os Vigias;

05 - Que seja feito o concurso, e implementação do Plano de Cargos, Carreira e Salários aos GCMs (em caráter de URGÊNCIA), como determina a Lei n.º 3.119/2011;

06 - Que seja aberta negociações (em caráter de URGÊNCIA) para mudança do piso, salário base, superior há R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) para os membros da GCM;

07 - Que seja aumentado o percentual do Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) para 100% (cem por cento) aos integrantes da GCM;

08 - Que seja feito os pagamentos dos biênios aos membros da GCM;

09 -  Que seja regulamentada a escala 12x36, com direitos a 02 (duas) folgas mensais (pelo excedente de horas), com pagamento de 100% (cem por cento) no feriado como prevê a Súmula n.º 444 do Supremo Tribunal Federal (STF), (com parâmetro ao Decreto do Município da cidade de Jandira, Decreto n.º 3675/15);

10 - Que seja criada APOSENTADORIA ESPECIAL, para os membros da categoria, ou seja, aos Agentes de Defesa Civil, GCMs, Seguranças Escolares e Vigias.

CONDIÇÕES DE TRABALHO E/OU VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

01 - Que seja criada uma Mesa de Negociações Permanentes, para tratar de assuntos e interesses do funcionalismo, exemplo o município de Osasco;

02 - Existem ainda demandas da categoria que serão encaminhadas e/ou tratadas posteriormente.

- J A N D I R A -

PAUTA ECONÔMICA 

01 - Reposição das perdas com repasse da inflação acumulada nos últimos 60 (sessenta) meses de 20% (vinte por cento), mais um aumento real de 5% (cinco por cento);

02 - Que seja aberta negociações para mudança de referência dos Agentes de Defesa Civil, na referência M-18;

03 - Que seja aberta negociações para mudança de referência dos Guardas Municipais, na referência M-18;

04 - Que seja aberta negociações para mudança de referência dos Seguranças Escolares e Vigias, na referência M-14;

05 - Que seja executado o Plano de Carreira dos Agentes de Defesa Civil;

06 - Que seja executado o Plano de Carreira dos Guardas Municipais;

07 - Que seja executado o Plano de Carreira dos Seguranças Escolares e Vigias;

08 - Majoração do percentual da Gratificação Especial de Trabalho Policial (GETP) para 80% (oitenta por cento), com a mudança da nomenclatura para Adicional de Trabalho Policial (ATP), para os GCMs;

09 - Majoração do percentual da Gratificação Especial de Trabalho Policial (GETP) para 80% (oitenta por cento), com a mudança da nomenclatura para Adicional de Trabalho de Risco (ATR), para os Agentes de Defesa Civil;

10 - Majoração do percentual da Gratificação de Risco de Vida (GRV) para 80% (oitenta por cento), com a mudança da nomenclatura para Adicional de Risco de Vida (ARV), para os Seguranças Escolares e Vigias;

11 - Que seja criada APOSENTADORIA ESPECIAL, para todos os membros da categoria, ou seja, Agentes de Defesa Civil, Guardas Municipais, Seguranças Escolares e Vigias;

12 - Majoração no valor do Vale Alimentação para R$ 500,00 (quinhentos reais);

13 - Que seja criado uma ajuda Alimentação aos Servidores Inativos, no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais).

CONDIÇÕES DE TRABALHO E/OU VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL 

01 - Que seja imediatamente reativada a Mesa de Negociação Permanente, como prevê a Lei n.º 2.155/16;

02 - Existem ainda outras demandas da categoria que serão encaminhadas e/ou tratadas posteriormente.

- B A R U E R I -

PAUTA ECONÔMICA 

01 - Que seja criada APOSENTADORIA ESPECIAL, para todos os membros da categoria, ou seja, Agentes de Defesa Civil, Guardas Municipais, Seguranças Escolares e Agentes Patrimoniais;

02 - Que seja disponibilizado Vale Alimentação e Vale Refeição aos integrantes da Categoria;

03 - Que seja adquirido um Seguro de Vida aos Agentes da Defesa Civil, Guardas Municipais, Seguranças Escolares e Agentes Patrimoniais.

CONDIÇÕES DE TRABALHO E/OU VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL 

01 - Que seja imediatamente reativada a Mesa de Negociação Permanente;

02 - Existem ainda outras demandas da categoria que serão encaminhadas e/ou tratadas posteriormente.

 - O S A S C O -

PAUTA ECONÔMICA 

01 - Reposição e repasse da inflação acumulada durante todo o período da administração do Prefeito Rogério Lins, incluindo este ano de 2024, acrescido de aumento real, totalizando um percentual não inferior a 25% (vinte e cinco por cento), descontados os repasses já concedidos; 

02 - Aumento do percentual do RETP para 120% (cento e vinte por cento) aos GCMs de Osasco; 

03 - Pagamento retroativo a MAIO/2023 referente à Lei Complementar nº 422, de 27/09/2023; 

04 - Retomar, concluir e aplicar o Plano de Carreira dos Vigias; 

05 - Aumento do percentual do Risco de Vida para 120% (cento e vinte por cento) para os Vigias, Auxiliares de Defesa Civil e Agentes do Demutran; 

06 - Salário Base inicial de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), nos parâmetros de Barueri; 

07 - Conceder Vale Refeição (aos GCMs, Vigias, Aux. de Defesa Civil e Agentes do Demutran) no valor de R$ 50.00 (cinquenta reais) diário, quando os mesmos estiverem atendendo a convocação, em escala extra, em dias de folga, em ponto facultativo, feriado ou quando em continuidade/ prosseguimento em alguma ocorrência após o término de seu horário normal de trabalho, etc; 

08 - Revisão na lei objetivando a liberação/a descontinuação do teto máximo, desvinculando em definitivo o Cartão Alimentação do piso salarial; 

09 - Que todos os benefícios e conquistas sejam extensivos aos aposentados e pensionistas.

CONDIÇÕES DE TRABALHO E/OU VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL 

01 - Revisão/correção e alteração do RDI dos profissionais da GCM de Osasco bem como também do Código de Conduta, com a participação do representante legítimo e legal da categoria; 

02 - O Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) da Guarda Municipal de Osasco, é o resultado de uma expressiva conquista da categoria e do SindGuardas, o mesmo sofreu lamentável alteração de forma unilateral, antidemocrática e ditatorial, perpetrada sorrateiramente na calada da noite, pela Secretaria de Segurança e Controle Urbano do Município de Osasco, desconsiderando inclusive a instância da Mesa Municipal de Negociações Permanentes (MMNP), diante desse cenário adverso, reivindicamos, em caráter de urgência, a revisão e/ou correção de determinados dispositivos da Lei Complementar n.º 13/2023, na hipótese de impossibilidade de realizar essa revisão/correção, foi deliberado e aprovado em assembleia que (se preciso for) o corpo jurídico do SindGuardas, adote as medidas cabíveis para recorrer à Justiça, visando assegurar e preservar os direitos já conquistados e assegurados no referido plano; 

03 - Criar e regulamentar porte de arma aos Guardas Civis Municipais de Osasco aposentados; 

04 - Os Guardas Civis Municipais de Osasco, consideram inaceitável a necessidade constante de solicitar uma solução definitiva para as questões relacionadas às Medidas Disciplinares (MDs), exigem de uma vez por todas por parte da administração a IMEDIATA ANULAÇÃO dessas medidas, em conformidade com a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN), e em total alinhamento com a orientação direta do Prefeito Rogério Lins, conforme expressa durante a reunião com esta representação sindical; nesse contexto, foi deliberado e ratificado que o corpo jurídico do SindGuardas tome as medidas cabíveis para recorrer novamente à Justiça, garantindo e preservando o direito já conquistado, na eventualidade de não ser atendida tal reivindicação.


Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2024:
Reajuste do convênio da NotreDame...

A T E N Ç Ã O

Prezados(as) Companheiros(as) do SindGuardas, conforme já comunicado anteriormente, inclusive por meio do aplicativo WhatsApp pelo Diretor Tomaz, informamos que o pedido de reconsideração acerca do reajuste do convênio com a NotreDame Intermédica foi devidamente analisado, resultando em uma redução no percentual de reajuste fixado em 15,70% (quinze vírgula setenta por cento), dessa maneira, destacamos que os novos valores do convênio entrarão em vigor a partir do dia 01/03/2024, ressaltamos a necessidade de atentar para possíveis mudanças de faixa etária, as quais podem impactar nos valores a serem cobrados. Desde já, colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos adicionais.